Posts Tagged ‘ Natal ’

Então é Natal! Imagine!…

natalEntão é Natal! Imagine!…

Imagine que o Estado Islâmico se converteu à essência do Espírito Cristão e se transformou em uma organização mundial na luta pela paz e pela fraternidade…

Imagine que  a guerra civil na Síria acabou e Alepo, como num passe de mágica, foi totalmente reconstruída e as famílias, com suas crianças, puderam voltar em paz para suas casas para celebrar o Natal…

Imagine que a paz tomou conta dos povos do Oriente Médio e cristãos, judeus e mulçumanos se abraçaram, formando uma corrente de respeito, harmonia e tranquilidade…

Imagine que as fábricas de armas  do mundo inteiro fecharam e se transformaram em fábricas de produção de alimentos, roupas e moradias de baixo custo e centros de saúde para atender as populações carentes…

Imagine que não existe mais discriminação por questões de cor, raça, sexo, religião, aparência, condição social ou qualquer outra que possa existir…

Imagine que todos os corruptos do Brasil e do mundo inteiro se converteram e se transformaram em um exemplo de respeito humano, lisura e integridade…

Imagine que nossos Senadores, Deputados e Vereadores aprovaram um Projeto de Lei reduzindo drasticamente seus salários, seus benefícios e suas verbas indenizatórias, assumindo um espírito de doação e dedicação verdadeira à coisa pública…

Imagine que o nosso salário mínimo tornou-se capaz de atender as nossas necessidades vitais básicas e das nossas famílias com moradia, alimentação, educação, saúde, lazer, vestuário, higiene, transporte e previdência social, conforme reza o Artigo VII da nossa Constituição Brasileira…

Imagine que os índices de criminalidade no nosso País caíram a um nível muito pequeno e que a população voltou a poder andar tranquilamente pelas ruas a qualquer hora do dia ou da noite, sentar em frente às suas casas ou nas praças com os amigos e vizinhos para conversar após o horário de trabalho, sem medo de ser assaltada…

Imagine que eu, você e todo mundo vamos, como seres humanos que somos, reconhecer nossos próprios erros e lutar conscientemente pela busca da perfeição e do amor ao próximo…

Então é Natal! Imagine, imagine, imagine e faça a sua parte!…

“Como seres humanos, a nossa grandeza não está em sermos capazes de refazer o mundo, mas em sermos capazes de refazer a nós mesmos”… (Gandhi)

Anúncios

PARÁBOLA DE NATAL

NATALTodos os anos o povo daquele lugar dizia que Ele renasceria e que Ele transformaria o coração de todos os homens, trazendo muita amor, paz, alegria e felicidade. E eles, sempre a cada ano, esperavam ansiosamente o momento e comemoravam calorosamente a sua chegada. Era um tempo de grandes festas, presentes, abraços e promessas de que dali para frente tudo iria mudar. À noite, o céu estrelado brilhava mais, as luzes das casas e do lugar se acendiam e tudo ficava resplandecente, iluminado. Só que eles diziam que Ele chegava, mas de fato Ele não chegava, eles não deixavam que Ele chegasse, seus corações permaneciam fechados e Ele não podia entrar. E como Ele não podia entrar, tudo continuava do mesmo jeito que estava. Na noite do seu fantasioso nascimento, enquanto alguns se abraçavam, em muitos lugares cabeças eram decapitadas, mulheres se prostituiam e eram estupradas, crianças morriam de fome e eram sexualmente abusadas. Homens guerreavam, ladrões matavam por dinheiro, corruptos roubavam e drogados ficavam como zumbis pelas calçadas. Mesmo nas festas, por trás de muitos sorrisos, beijos e abraços, a falta de amor, a cobiça e a inveja de forma disfarçada imperava. E eles, empaturrando-se numa comilança desregrada, se embriagavam com vinhos finos ou bebidas baratas e, obnubilados, enxergavam que tudo estava bem e que Ele realmente chegara.
No meio de toda essa bagunça, em um lugar próximo, mas distante, uma família humilde se reunia e fervorosamente rezava em torno de um pequeno presépio no altar. Pai, mãe, filhos, irmãos, contritos e irmanados se abraçavam e pediam a Ele para não os abandonar. Então, alí sim, a fé se fez milagre. Uma pequena centelha se iluminou no altar e Ele, naqueles corações, conseguiu penetrar. E aquela pequena centelha que ali nascia, corajosamente e persistentemente, pelos dias à frente, foi lentamente se espalhando e no coração de outros também conseguiu penetrar, e estes foram se transformando nos grandes arautos da paz. A esperança espalhou-se pelo ar…
“Eu vim para que todos tenham vida e tenham vida plenamente”. Que um dia a centelha do Amor se espalhe de forma profunda em todos os corações da humanidade e Ele realmente possa reinar.

NATAL

FELIZ NATAL!

Slide1

QUE ELE RENASÇA!

Que ELE renasça no seio das empresas e que a riqueza se transforme em instrumento de partilha, como ELE fez durante sua Divina Empreitada;

Que ELE renasça no coração dos donos de empresas e seus representantes e que eles se transformem em Lideres Coach, como ELE sempre o foi;

 Que ELE renasça no coração dos trabalhadores e eles sejam “missionários” e “visionários” como SEUS Apóstolos o foram;

Que ELE renasça em nossos corações e sejamos operários do SEU reino, como ELE sempre o quis!

NATAL E ANO NOVO! E SE…?

E se o Menino-Deus realmente renascesse no coração de todos homens, como pregam as religiões cristãs?…

E se a riqueza de todas as grandes religiões da Terra fosse toda revertida de maneira eficaz para eliminação da pobreza e da miséria do mundo?…

E se os fundamentalistas não pregassem a morte e a destruição em nome de Aláh?…

E se o Lula passasse a entender que Jesus Cristo nunca se aliaria a Judas em busca da aclamação popular?… 

E se os corruptos do Planalto deixassem de existir e os velhos de Brasília não fossem eternos?…

E se o Obama, premiado com o Nobel da Paz, encarnasse radicalmente os ensinamentos do Ghandi?…

 E se o Capitalismo deixasse de ser selvagem e revertesse de fato seus lucros em busca do bem estar social, ambiental e econômico de todos os habitantes do Planeta Terra?…

E se eu conseguisse colocar em prática, pelo menos no espaço que me cerca, meus sonhos idealistas para construção de um mundo melhor?…

E se…? E se… ?E se…?

Que neste Novo Ano que se inicia, Deus ilumine nossos passos e possamos cada um de nós, no nosso lar, na nossa comunidade e nosso trabalho fazer com que nossos “e se…?” se tornem realidade! Depende de nós..