MAZELAS DA LÍNGUA PORTUGUESA

A nossa língua portuguesa vive nos pregando peças que passam às vezes despercebidas pela grande maioria das pessoas mas, de forma interessante, são observadas pelos ouvintes ou leitores mais atentos às suas particularidades. Vejamos algumas delas.LINGUA PORTUGUESA
Durante os meses de janeiro, com as chuvas torrenciais, são comuns as enchentes e alagamentos de ruas e avenidas de várias cidades do nosso País. Recentemente, um repórter de um famoso jornal televisivo, durante uma reportagem, comentando sobre o assunto em cadeia nacional, afirmou:
“Com as chuvas torrenciais, surgem os alagamentos nas avenidas que tampam os buracos dos motoristas e eles acabam ficando encalhados”…. Pobres motoristas!
O carnaval está chegando e com ele as fantasias cada vez mais ousadas convidando os jovens a compartilhar aventuras amorosas inusitadas. Nesta época o incentivo dos órgãos governamentais para o uso da camisinha é sempre recorrente. Um cartaz anunciava em letras garrafais:
“Caia na folia protegido. Use camisinha! Você pode retirá-la gratuitamente nos centros de saúde”. Se formos considerar a ordem dos termos da notícia divulgada, o fulano usa a camisinha e depois vai retirá-la “gratuitamente” nos centros de saúde.Fico imaginando a fila de marmanjos em frente aos centros de saúde esperando para retirar as camisinhas logo após serem usadas. Haja agentes de saúde…
Em uma cidadezinha do interior, o padre durante a homilia, comentando sobre a participação dos fiéis nas Missas de finais de semana, afirmou:
“Na semana passada celebrei a Missa com menas velhas, neste final de semana estou celebrando com menas moças”. Credo! Padre tarado!
Por falar em comer, outro dia um amigo meu, querendo variar o cardápio, me convidou para comer um chinês”. Como não sou xenófobo, topei a parada!
Interessante de observar são as variações dos nomes da família Pinto, famosa pelo interior do Brasil. O patriarca, Botelho Pinto, casou-se com Xuxa Pinto. Da união nasceram o meninos Inácio Pinto, Armando Pinto, Olavo Pinto e Amâncio Pinto, este, segundo dizem as más línguas, com tendências homossexuais. Nasceram também desta união, as meninas Adora Pinto, Sara Pinto, Elisa Pinto, Melisa Pinto e Jade Pinto, esta, também comentam as más línguas, com tendências ao lesbianismo. O patriarca dizia que os Pintos iriam crescer e se multiplicar! Perdoe-me a família Pinto, qualquer semelhança é mera coincidência, mas haja Pintos!
De qualquer forma, sem qualquer pretensão consciente ou inconsciente de dar continuidade a estes preciosos achados literários com minha afirmativa a seguir, acredito que, na verdade, a nossa língua é verdadeiramente bela, nossos pensamentos é que são impuros. Fica aí uma boa oportunidade de reflexão para os amantes da literatura.

  1. No trackbacks yet.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: