FALANDO SOBRE RESILIÊNCIA E ESTRESSE

DIÁRIO DE LISBOA XXINesta etapa final do nosso curso de Mestrado, tenho percebido uma significativa elevação no nível de estresse da nossa turma de dez brasileiros matriculados. Creio que a mudança de rotina, de hábitos e de clima, o afastamento da família e a sensação de solidão tudo isso associado à elevada carga horária (estudamos de segunda a sexta 9hs às 18hs e no sábado de 9hs às 13hs e ainda com trabalhos para fazer em casa após as aulas) e a cobrança excessiva para o cumprimento de compromissos com a apresentação do Projeto de Dissertação e trabalhos acadêmicos sejam os grandes aceleradores deste estado. Alguns colegas, já estão pedindo arrego! Felizmente estamos chegando ao final.
Aproveitando a oportunidade para compartilhar aprendizado, vale a pena refletir sobre o conceito de resiliência no mundo do trabalho.
Resiliência é um termo herdado da física que significa a capacidade de suportar pressões sem entrar em surto psicológico ou ficar “deformado”. Para entender melhor esse conceito, podemos utilizar uma pequena metáfora. Pegue uma folha qualquer de papel, embole-a com a mão e amasse-a com toda vontade. Em seguida, tente desamassá-la para que volte ao seu estado normal. Com certeza, por mais que você tente, não vai conseguir; a folha vai continuar toda amarrotada. Pegue agora uma fisiobol, uma destas bolinhas de borracha utilizadas pelos digitadores para evitar a LER, lesão por esforço repetitivo. Faça o mesmo que você fez com a folha de papel, amasse-a com toda vontade. Você vai observar que, mesmo aumentando a intensidade da força, ela não se deforma, sempre volta ao estado normal. Assim também acontece no mundo do trabalho. Existem profissionais que, diante das pressões entram em surto, deformam-se. Uns choram, outros gritam, outros adoecem, cada um de acordo com suas particularidades. No entanto, outros suportam bem, conseguem sobreviver sem maiores dificuldades. Vale a pena analisar como anda o seu nível de pressão e de resiliência no seu ambiente de trabalho. De qualquer forma, vão aí algumas pequenas dicas que podem ajudar:
1-Aprenda a se planejar! Um bom planejamento ameniza acúmulos e imprevistos de trabalho.
2-Não postergue! Cumpra o que foi planejado.
3-Negocie com os responsáveis a melhor forma e o tempo para entrega de seus trabalhos. Uma boa negociação com certeza poderá ajuda-lo.
4-Procure, sempre que necessário, o apoio de um Coach ou Mentor. O autoconhecimento, a definição de metas claras, uma boa análise de contexto e um bom aconselhamento certamente irão contribuir para um melhor desempenho do seu trabalho.
5-Não desista! Por mais difícil que seja, acredite que você é capaz!
6-Por último, invista em momentos de relax, “desligue-se da tomada”. Todos nós precisamos, de vez em quando, relaxar. A solução para nossos problemas costuma vir subitamente quando estamos em um momento de lazer, desligados.
E por falar em relaxar, depois de um dia inteiro conectado, vou investir no meu momento de relax! Amanhã é um novo dia e preciso das baterias recarregadas para recomeçar.

  1. No trackbacks yet.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: