PODEMOS ACREDITAR NA JUSTIÇA BRASILEIRA?…

Há cerca de  quase três anos atrás, quando transitava em linha reta por uma via preferencial em um entrocamento em “T” , um maluco dirigindo um micro-ônibus, sem dar a famosa paradinha para fazer a conversão, entrou de uma vez, bateu na lateral direita do meu carro e não quis assumir a burrada. Quando percebi o outro veículo invadindo a pista, desviei ao máximo possível mas não teve jeito, a colisão foi inevitável! Por sorte, não sofri nenhum arranhão! Optei por defender meus direitos e tive que contratar um advogado. Ele, baseando-se em análises técnicas e legais, deu-me total certeza de ganho de causa,   e, diante de tais evidências, demos entrada no Juizado de Pequenas Causas. A Meretíssima Juíza, depois de inúmeras audiências iniciadas e adiadas e de intimidar com ameaça de prisão minha testemunha, um simples motorista de caminhão que tinha presenciado o acidente, decretou que eu estava errado, portanto não tinha nada a ser ressarcido!  Consultei novamente meu advogado e ele entendeu com clareza que a Juíza estava equivocada e que valeria a pena recorrer. Assim o fizemos e novamente os Meretíssimos, em segunda instância, julgaram que eu estava errado! Pergunto-me: será que os Juízes estão estudando com a devida atenção os laudos processuais? Se estão, por que não conseguem enxergar o óbvio? Bom, mas não adianta resmungar! Conclusão: vou ficar no prejuízo! Se quiser, vou reclamar com o Bispo!…

Preocupa-me bastante saber que meu caso não é isolado! Absurdos semelhantes andam acontecendo por este nosso País! Recentemente ouvi no noticiário que um simples trabalhador, frentista de um posto de gasolina em São Paulo, foi acusado de assalto à mão armada e sumariamente preso, arrancado de dentro de sua casa por policiais na frente da esposa e do filho deseperados. O frentista, também motoqueiro, foi confundido com outro motoqueiro que tinha realizado o assalto e passado pouco antes dele pelo local do crime. Apesar de todas as evidências de inocência, inclusive com filmagens mostrando-o saindo do trabalho no momento do assalto,  o infeliz continua trancafiado, sem chances de ser libertado! A esposa e os pais tentam desesperadamente retirá-lo do xadrez antes que seja tarde…Acionada, a Ouvidoria disse que no mínimo houve precipitação por parte da polícia e vai encaminhar o processo para a Corregedoria. Enquanto isto, só Deus sabe até quando, ele fica atrás das grades!…

Há muito tempo atrás, os mais antigos certamente devem lembrar-se, houve o famoso Caso dos Irmãos Laje de Araguari e seu final trágico!…

Recentemente o Ministro Joaquim Barbosa foi flagrado descontraidamente num momento de lazer enquanto devia estar no trabalho! Detalhe: só neste ano já está há 127 dias sem trabalhar por motivo de afastamento médico. Na sua pasta, 13.000 processos aguardando sua decisão, alguns deles há mais de cinco anos parados!…

Creio que precisamos rever urgentemente a atuação de nossas instituições responsáveis pela preservação da ordem e das leis! Enquanto criminosos de colarinho branco transitam pelos altos escalões da política e da sociedade, cidadãos honestos são presos e lesados sem direito a defesa nas cadeias e nos tribunais!…

  1. No trackbacks yet.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: