DEMISSÃO DO ZICO: A FALTA DE ÉTICA DO OLIMPIACOS

Muito interessante o “case” da demissão do Zico do Olimpiacos da Grécia. Apesar de ser considerado um ídolo do futebol, não só no Brasil mas também no mundo, ele foi vitimado pelo “facão” do patronato, tão comum na vida do proletariado. O que chama mais a atenção é a causa e a maneira como foi demitido. A causa: incompetência; o time vinha perdendo várias partidas e foi eliminado na primeira fase do campeonato grego. A maneira:  Zico soube da sua demissão lendo o site do Olimpiacos, depois recebeu na sua casa, em Atenas, a visita de um Oficial de Justiça com a notificação oficial do clube.  Tomar conhecimento de demissão através de site e depois ser comunicado por um Oficial de Justiça???  Parece caso de polícia! Imaginem o impacto negativo no moral da equipe? Creio que o Olimpiacos precise de uma Consultoria em Gestão com Pessoas para aprender estratégias éticas para demissão de um colaborador. E que colaborador! …

    • João DIas
    • 11 fevereiro, 2010

    O Zico tb precisa fazer uma auto-crítica de sua trajetória como treinador e parar de botar a culpa de seus fracassos na qualidade dos jogadores de que dispõe em seus plantéis e na falta de tempo para treinar.

      • jcesar10
      • 11 fevereiro, 2010

      Prezado João, boa tarde!

      Possivelmente você pode estar certo com relação ao desempenho do Zico, mas nada justifica a falta de ética na condução de um processo de demissão.

      Um abraço,

      Júlio

  1. No trackbacks yet.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: